Resenha: Where Stars Land 여우각시별 (K-Drama)

Hoje vamos conferir a resenha e recomendação de Where Stars Land!

WSL1

Título: Where Stars Land; Fox Bride Star; People of Incheon Airport
Gênero: Romance, Comédia, Drama
Transmissão: Outubro – Novembro de 2018
Número de episódios: 32 (de 35 min.)
SBS
Estrelando: Chae Soo Bin e Lee Je Hoon

 

Sinopse

Where Stars Land retrata a vida no Aeroporto de Incheon, lugar onde Han Yeo Reum e Lee Soo Yeon trabalham. Yeo Reum é uma mulher desajeitada que, apesar de suas boas intenções, sempre acaba causando alguma confusão. Este era o seu primeiro ano na equipe de Serviços aos Passageiros. Na verdade, Yeo Reum queria ser reconhecida por fazer um bom trabalho, mas sempre acabava falhando.

Já Lee Soo Yeon é um funcionário exemplar e praticamente perfeito. Um homem paciente, equilibrado e sensato. Ele executa suas atribuições com objetividade e sem carisma, de forma fria e independente. Mas Soo Yeon esconde misteriosamente algumas feridas e cicatrizes incuráveis.

Durante a história, quanto mais Lee Soo Yeon tenta se afastar Han Yeo Reum, mais ela parece dominar o seu cotidiano e a sua vida. Ela é como uma bomba que estava prestes a despertar alguns sentimentos que Soo Yeon jamais havia pensado em compartilhar antes.

Coincidências não existem…
tudo acontece
por alguma razão.

Personagens

Lee Soo Yeon (Lee Je Hoon)

Lee Soo Yeon parece que está há anos trabalhando no aeroporto por causa de seu profissionalismo, mas havia acabado de encerrar seu período de teste. Assim como eu comentei na sinopse, Soo Yeon parece frio e arrogante, de verdade. Mas ele tem seus motivos para desejar distância de todos.

Nos primeiros dois episódios, tudo vai parecer um pouco confuso. Soo Yeon bloqueia uma barra de aço e um carro com o braço, é queimado por água quente também, e aparentemente não sente nada. Eu não vou dizer o que tudo isso significa, apesar de acreditar que muitos já acabaram descobrindo pelas redes sociais. Só queria talvez tranquilizá-los que não é nada tão extraordinário. Ou seja, podem embarcar na trama com absoluta tranquilidade.

Infelizmente eu li alguns comentários negativos em relação ao Soo Yeon nas redes sociais e fóruns. Por isso, estou aqui pedindo um pouco de empatia da parte de vocês. Por favor, se coloquem no lugar dele antes de fazerem qualquer tipo de comentário superficial e injusto sobre sua condição, sobre seus medos e sobre sua realidade.

Ele é um personagem incrível que passou por situações devastadoras, mas ainda assim sabia sinceramente pedir desculpas quando errava. Tudo que Soo Yeon queria era tentar viver como alguém normal, sem chamar a atenção.

 

Han Yeo Reum (Chae Soo Bin)

Yeon Reum trabalhava no serviços de transporte e acabou sendo colocada na lista de espera porque chutou alguns bêbados, passou por reduções salariais, agarrou clientes pelo pescoço, xingou e escreveu cartas de desculpas. A Líder Yang a contratou no Serviço ao Passageiro porque eles estavam precisando de mais funcionários, mas como disse o Gerente Gong nos primeiros momentos da trama – “A Han Yeo Reum é como uma bomba”.

De qualquer jeito, logo percebemos que Yeo Reum é muito esforçada. Sim, ela é descontrolada, atrapalhada, tagarela, mas é muito esforçada. Todo dia, Yeo Reum tenta dar o seu melhor trabalhando no Aeroporto de Incheon.

O contraste que existe entre os dois protagonistas é exatamente esse: Soo Yeon queria viver uma vida sem receber destaque algum, mas Yeo Reum queria ser reconhecida por fazer um bom trabalho, queria brilhar um pouco. Os dois acabam se chocando diversas vezes e nas mais inusitadas situações, mas é justamente essas diferenças que os aproximam.

Eu amo os trabalhos da Chae Soo Bin e acredito que ela é uma atriz incrível! Tão espontânea, simpática e expressiva. Ela se encaixou muito bem no papel de Yeo Reum. Lee Je Hoon também fez um excelente trabalho com seu personagem. Ele conseguiu passar a tranquilidade, mas também os momentos de tensão do Soo Yeon com clareza.

Seo In Woo (Lee Dong Gun)

Seo In Woo é uma importante peça na história. Ele trabalha lado a lado com o Diretor do Aeroporto Incheon e acaba sendo responsável por algumas cenas bem apreensivas do roteiro. Não posso comentar muito sobre ele aqui para não trazer spoilers, apenas deixo registrado que há muitas coisas escondidas por trás desses olhares frios e inquietantes. Há muitos conflitos e sobrecarregamento por trás dessa capa.

Yang Seo Koon (Kim Jee Soo)

A nossa Líder do Departamento de Serviços ao Passageiro rendeu vários suspiros! Ela é incrível! Que personagem forte, inteligente e decidida. O que mais me surpreendeu disso tudo é que ela nunca perdeu a simpatia. A Yeo Reum disse que queria se tornar a Líder Yang, mas quem não queria?

Oh Dae Ki (Kim Kyung Nam) e Na Yeong Joo (Lee Soo Kyung)

Dae Ki (ou Dae Gi) e Yeong Joo trabalham no Serviço de Segurança do Aeroporto. Eles são organizados em duplas na equipe, por isso Dae Gi e Yeong Joo sempre estão juntos. Ah, eu realmente amei o desenvolvimento desse casal secundário! Ela é bem durona e inflexível, já o Dae Gi é acolhedor e caloroso. Uma combinação tão linda que me deixou atordoada!

Go Eun Seob (Ro Woon, SF9)

Eun Seob é aquele friendzone que acaba percebendo tarde suas verdadeiras intenções com a protagonista. Aquela velha história do “nós sentimos apenas quando perdemos”. Ele é o melhor amigo da Yeo Reum, mas descobre seus verdadeiros sentimentos por ela quando este começa a notar as interações de Yeo Reum com o Soo Yeon. Já aviso que Eun Seob é um personagem completamente adorável, carismático, tão lindo, e que vocês vão ficar com vontade de protegê-lo do mundo.

Ele trabalha no Centro Integrado de Operações. É uma equipe que praticamente resolve os problemas nas pistas, organiza os pousos dos aviões e outras coisas mais. Incrivelmente, Kim Won Hae é o Líder desta Equipe. Eu amo esse ator sunbae e praticamente todos os seus trabalhos!

Considerações Finais

Vamos lá, talvez essa resenha demoraria ainda mais para sair porque eu estou com meus draminhas todos atrasados e a lista nunca para de aumentar e acumular por causa dessa minha vida profissional e dos estudos. 

Eu puxei Where Stars Land da minha lista infinita porque acabei entrando na equipe de tradução enquanto o drama já estava em andamento. Mas felizmente eu fui surpreendida positivamente com personagens incríveis, um roteiro carismático e mensagens belíssimas.

Sinceramente as cenas do Aeroporto me deixaram completamente emocionada. Conseguimos acompanhar a vida difícil de algumas pessoas tão simples quanto nós; de imigrantes ilegais que foram tratados com burocracia; de pessoas abandonadas; de funcionários recebendo maus-tratos; enfim… cada história me atingiu e me deixou mais perto da realidade. E no meio disso tudo, existiam ainda alguns resquícios de humanidade que consequentemente me tiraram inúmeros sorrisos.

Além disso, o drama acabou tratando sobre assuntos importantíssimos como abuso e falta de acessibilidade em todos os lugares a pessoas com deficiência.

Sobre o romance principal da trama: eu amei. Chae Soo Bin e Lee Je Hoon apresentaram uma química impecável e imprevisível (mas é verdade que a Jenny do Kingdom Fansubs previu e apostou no casal ♥). Eles ficaram simplesmente adoráveis juntos!

É importante também perceber alguns pequenos detalhes que merecem ser compartilhados nessa resenha, como o jeito que Lee Soo Yeon cuidava da Yeo Reum sem que ela percebesse ou como a Yeo Reum sempre dizia que estava bem para não deixar o Lee Soo Yeon preocupado.

Mas Where Stars Land não parou por aí e trouxe um casal secundário também muito particular e que rendeu cenas imperdíveis. Sempre que Na Young Joo e Dae Gi apareciam meus olhos colavam na tela! A Young Joo é uma personagem aparentemente fechada e insensível, mas tem um bom coração, então deem uma boa chance a ela.

E o Dae Gi conseguiu conquistar boa parte da nação dorameira. Ah, os dois mereciam um spinoff só deles. Young Joo e Dae Gi conseguiriam lidar com uma trama bem estruturada apenas em torno desse romance.

Eu fiquei muito feliz de ter acompanhado Where Stars Land e recomendo sim esse drama maravilhoso! O roteiro mistura agradavelmente romance, comédia, drama, um pouquinho de ação e mistério, também algumas boas lições de vida. O ambiente do aeroporto preencheu praticamente toda a história e deixou o drama bem particular ou diferente. 

O lado teimoso, ambicioso e estrondoso da Yeo Reum foi justamente jogado ali para esbarrar na tentativa frustrada de Soo Yeon por uma vida tranquila e rotineira. Eu achei que um amenizou o defeito do outro, como se eles tivessem literalmente nascidos para ficarem juntos. Não vamos esquecer que, esses “defeitos”, são o que tornam os personagens humanos.

Também mesmo que algumas partes da história possam ter sido consideradas “fracas” para alguns, acredito que os personagens e o desenvolvimento deles sempre estiveram fortemente presentes, o que manteve um roteiro equilibrado até o fim. Nós fomos apresentados a cenas cômicas, fofas e caricatas, mas ao mesmo tempo a algumas cheias de tensão e questionamentos. Tudo intercalado e de maneira amena.

 

O final foi bom e encerrou todos os questionamentos. Algumas pessoas criticaram porque infelizmente não foi o que elas esperaram ou dramatizaram. Acredito que o drama em si é encantador e gentil do início e fim. Possível spoiler a seguir, passe o mouse para ler, se quiser: Aquela última cena foi sim proposital. O foco era as emoções da Yeo Reum em um lugar que seu pai investiu amor, reencontrando sua estrela. Achei muito lindo e sugestivo. [FIM DO POSSÍVEL SPOILER].

Também não é o foco da história as lutas pelo poder do aeroporto, nem ganância e jogos internos. Do meu ponto de vista, esse foi apenas outro aspecto positivo da trama. Where Stars Land mostrou que não precisava dessa intriga toda para se tornar interessante. A história passou tão depressa que eu nem senti os episódios. Valeu cada segundo.

Em geral, Where Stars Land é um drama muito bom que encerrou super bem meu 2018! Algumas resenhas ainda vão aparecer no blog até o final do ano, mas a partir de agora vou dar prioridade para as mais atrasadas. Enfim, dê uma chance a essa obra! Especialmente se você estiver procurando um romance leve, mas intenso. Alías descubra que, apesar dessa aparência despretensiosa, existe um drama com potencial muito significativo.

Where Stars Land está disponível no fórum Kingdom Fansubs e Viki.

Gifs por: junetwilight e betweenthegalaxy.

Twitter l Youtube I Instagram 

Desculpem a demora para atualizar o blog! Não desistam do Dramas Revise e fiquem de olho porque em breve vamos sofrer algumas drásticas mudanças visuais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s